30 de março de 2016

Conheça os vencedores do prêmio Prefeito Empreendedor 2016

O Sebrae-SP anunciou os vencedores da etapa paulista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor de 2015/2016. O concurso tem o objetivo de reconhecer os gestores que promovem o desenvolvimento econômico e social de seus municípios por meio do incentivo aos pequenos negócios locais. Realizada a cada dois anos, a premiação é concedida aos prefeitos de todo o Brasil e aos administradores regionais do Distrito Federal e de Fernando de Noronha.

No total, foram 423 projetos inscritos de 301 prefeituras (cada uma pôde se inscrever com dois projetos, um em cada categoria) do Estado de São Paulo, sendo que 346 projetos foram habilitados de 257 prefeituras.

As oito categorias do Prêmio são:

• Melhor Projeto(projetos de desenvolvimento de pequenos negócios locais de qualquer natureza que apresentem resultados provenientes de ações estruturadas e sistêmicas),

• Pequenos Negócios no Campo,

• Inovação e Sustentabilidade,

• Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária,

• Desburocratização e Formalização,

• Implementação e Institucionalização da Lei Geral,

• Compras Governamentais de Pequenos Negócios,

• Municípios Integrantes do G100(melhor projeto para municípios com baixa renda per capita e com alta vulnerabilidade socioeconômica).

“Num momento de grave crise política, em que interesses pessoais se sobressaem aos da Nação, é revigorante anunciar os vencedores do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Ao trabalhar em prol do crescimento dos pequenos negócios e do empreendedorismo, esses gestores públicos mostram como contribuir para o ciclo virtuoso do crescimento, porque investir na pequena empresa é investir na geração de renda, empregos e inovação da cidade. Ao anunciar esta seleção de vencedores, queremos atrair cada vez mais prefeituras para a causa do empreendedorismo e mostrar que é possível desenvolver e praticar políticas públicas transformadoras da realidade local”, afirma o presidente do Sebrae-SP, Paulo Skaf.

Os vencedores da etapa estadual concorrerão com os projetos selecionados de todo o País para a premiação nacional, que ocorrerá em 10 de maio.

Vencedores do Estado de São Paulo

 

Melhor Projeto

Primeiro colocado: Dárcy da Silva Vera (Ribeirão Preto) com o projeto “Fundação Instituto Polo Avançado de Saúde”

Segundo colocado: Paulo Nunes Pinheiro (São Caetano do Sul)

Terceiro colocado: Thiago Rodrigo Rochiti (Torrinha)

Pequenos Negócios no Campo

Primeiro colocado: José Bernardo Ortiz Monteiro Júnior (Taubaté) com o projeto “Os arranjos produtivos locais podem fortalecer a agricultura familiar”

Segundo colocado: Vanderlei Polizeli (Iperó)

Terceiro colocado: José Milton de Magalhães Serafim (São José do Barreiro)

Inovação e Sustentabilidade

Primeiro colocado: José Antônio Pedretti (Dracena) com o projeto “Usinas Fotovoltaicas de Dracena”

Segundo colocado: Benedito Carlos de Campos Silva (Natividade da Serra)

Terceiro colocado: Antônio Carlos Pannunzio (Sorocaba)

 

Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária 

Primeiro colocado: André Eduardo Bozola de Souza Pinto (Socorro) com o projeto “Serviço de Inspeção Municipal (SIM)”

Segundo colocado: Francisco Nascimento de Brito (Embu das Artes)

Terceiro colocado: Marcos Roberto Casquel Monti (São Manuel)

Desburocratização e Formalização

Primeiro colocado: Manoel David Korn de Carvalho (Tietê) com o projeto “Desenvolvimento Sustentável: Atendimento Gratuito e Facilitado aos MEIs”

Segundo colocado: Jaime César da Cruz (Vinhedo)

Segundo colocado: Erinaldo Alves da Silva (Votorantim)

Terceiro colocado: Alexandre Augusto Ferreira (Franca)

Implementação e Institucionalização da Lei Geral

Primeiro Colocado: Thiago Rodrigo Rochiti (Torrinha) com o projeto “Torrinha Cidade Empreendedora: Implementação e Institucionalização da Lei Geral”

Segundo colocado: Ricardo Pinheiro Santana (Assis)

Terceiro colocado: Paulo Alexandre Pereira Barbosa (Santos)

Compras Governamentais de Pequenos Negócios

Primeiro colocado: Edenilson de Almeida (Guararapes) com o projeto “Pequenos Negócios, Grandes Conquistas”

Segundo colocado: Tarcísio Mateus Abel (Macatuba)

Terceiro colocado: Júlio César Gomes (Sud Mennucci)

Municípios Integrantes do G100

Primeiro colocado: Acir dos Santos (Ferraz de Vasconcelos) com o projeto “Cidade Desenvolvida é Cidade Humanizada”

Segundo colocado: Mamoru Nakashima (Itaquaquecetuba)